Ensino Bilíngue

APRENDER INGLÊS PARA QUÊ?

Aprender Inglês para quê?

Frente à realidade de um mundo globalizado, o conhecimento e a fluência no inglês, que se tornou uma “língua universal”, são indispensáveis. A língua inglesa é considerada oficial em 53 países e estima-se que o número de falantes deste idioma pelo mundo passe de um bilhão de pessoas. Desta forma, o inglês abre portas para a comunicação com o mundo, melhorando as oportunidades de negócios, viagens, estudos e pesquisas.

A possibilidade desta comunicação sem fronteiras permite que a criança entenda, aprecie e respeite as pessoas de outros países e culturas. Sendo assim, dominar a língua inglesa é determinante para tornar-se não só um profissional diferenciado, mas, acima de tudo, um cidadão do mundo.

Saiba mais lendo o artigo “A vantagem bilíngue” – entrevista de Ellen Bialystok ao NY Times (em inglês).

Veja os vídeos de nossas atividades de programa bilíngue.

Por que Bilíngue no Global?

Qual é a idade ideal?
O momento ideal para iniciar a aquisição de uma língua é na infância. Pesquisas comprovam que quanto mais cedo a criança começa a aprender um idioma, mais rápida e efetiva é essa aquisição. É, também, uma maneira natural e prazerosa de aumentar o raciocínio e a criatividade. A inserção de outra língua nessa fase estimula o desenvolvimento intelectual, flexibilizando a capacidade de pensar, uma vez que a criança lida com dois códigos linguísticos simultaneamente. Este período de desenvolvimento é muito importante, pois o cérebro possui o que chamamos de grande plasticidade, ou seja, uma grande facilidade de estabelecer conexões entre as células nervosas. Portanto, na infância, o aprendizado é:

Natural
A criança é naturalmente curiosa e motivada, adaptando-se facilmente às novas situações. Além disso, o ambiente de imersão oferece estímulos psicológicos e sociais que possibilitam que a aquisição do novo idioma aconteça com desenvoltura, da mesma forma que a aquisição da língua-mãe. A interação com o ambiente bilíngue ocorre sem esforço, medo de errar ou cobrança de resultados, por meio de atividades de rotina, pedagógicas e brincadeiras, promovendo segurança crescente.

Eficiente
A qualidade da produção na segunda língua é infinitamente superior quando adquirida na infância do que quando adquirida na fase adulta, no que diz respeito não só à fluência da fala, mas especialmente no que se refere à pronúncia.

Duradouro
Pelas características fisiológicas e neurológicas do desenvolvimento infantil, a informação fica incorporada definitivamente à memória, como um acervo de conhecimento que poderá ser acessado a qualquer momento.

Veja o vídeo abaixo da palestra de Patricia Kuhl apresentando resultados científicos que mostram a maior aptidão de bebês e crianças pequenas a aprender línguas (em inglês).

 

Como é a adaptação e o desenvolvimento do aluno no novo idioma?

A compreensão do inglês acontece de forma gradativa. Os professores utilizam-se, além da linguagem oral, de muitos recursos visuais para se fazer entender, dentre eles gestos, imagens e objetos concretos, que fazem parte da rotina, do dia a dia escolar. Desta forma, a necessidade da utilização do português como apoio na compreensão é cada vez menor.

A aquisição natural de uma segunda língua acontece de forma sequencial. Inicialmente, o aluno procura compreender, observando e ouvindo com atenção, aprendendo a distinguir os idiomas e dando sentido às palavras da nova língua. É o período de ‘silêncio’, no qual a produção oral ainda não acontece. Aos poucos a criança sente-se segura para começar a falar, assim como acontece com a língua materna.

O aluno se utiliza das estruturas e palavras das duas línguas no início da sua produção, muitas vezes misturando-as na mesma frase (code mixing), porque a comunicação é sua prioridade. Ele normalmente estrutura sua fala em português, inserindo palavras que já domina em inglês. Esse comportamento é natural e espontâneo, já que, embora o aluno tenha a consciência dos dois idiomas, prioriza a vontade e a “melhor” maneira de se comunicar. Aos poucos, ele vai classificar as palavras e adequá-las, usando-as de acordo com a situação e com quem está ouvindo (code switching). À medida que se apropria das estruturas gramaticais da língua inglesa, arrisca-se a formar frases, inicialmente utilizando-se de frases pré-formuladas até uma produção mais independente e elaborada.

Programa Bilíngue

O Colégio Global oferece aos alunos de Educação Infantil e Ensino Fundamental a oportunidade da aquisição natural da língua inglesa, por meio da exposição intensiva ao idioma, permeada por atividades de rotina contextualizadas, músicas, histórias, dramatizações, jogos e brincadeiras em crescentes desafios. Não são aulas formais de inglês, mas imersão no idioma pela vivência de situações reais, com as quais os alunos aprendem a nova língua na prática. Exatamente por isso, a aprendizagem é significativa e o processo se dá com grande naturalidade e eficiência.

Berçário (a partir do Baby 3)

Exposição diária ao inglês com interações individuais e atividades em grupo, despertando a curiosidade e o reconhecimento da língua inglesa.

Educação Infantil (Toddlers / Kids)

Imersão total durante o período pedagógico – quatro horas diárias de exposição ao idioma, contemplando o mesmo conteúdo pedagógico, estratégias, rotina e objetivos do ensino convencional, utilizando a língua inglesa na sua forma oral como ferramenta de comunicação. Algumas atividades semanais complementares, tais como aulas de Estimulação Motora, Música, Momento da Leitura e Letramento, acontecem em português. Os alunos de período complementar ou integral têm as atividades de recreação, no período alternado ao pedagógico, em português.

1º ano: imersão parcial durante o período pedagógico – duas horas diárias de exposição ao idioma em sua forma oral, abordando os conteúdos de Matemática, Ciências, História e Geografia. A alfabetização ocorre em português, sendo o foco do restante do período.

Ensino Fundamental (Juniors - EF1 / Teens - EF2)

Imersão parcial no período alternado, com duas horas diárias de exposição ao idioma (1,5h no curso Teens) por meio de atividades variadas: projetos, dramatizações, músicas, vídeos, leitura de livros, pesquisas, jogos e brincadeiras. Há a adoção de material didático para garantir a formalização do idioma e o desenvolvimento das quatro habilidades linguísticas básicas: compreensão auditiva, fala, leitura e escrita em inglês. Exames para certificação internacional (Cambridge Young Learners English, Cambridge for Schools e TOEFL Junior) são realizados na escola para os alunos inscritos (opcional).

High School – Diploma americano sem sair do Brasil

Disponível a partir do 8º ano, conta com aulas presenciais das disciplinas da matriz americana no período da tarde (3 horas por semana) e atividades online, com equivalência das disciplinas do currículo brasileiro e conclusão do Ensino Médio com dois diplomas, brasileiro e americano.

Reconhecimento Internacional (Programa Bilíngue – Juniors & Teens)

São realizados no Global exames para obtenção de certificações internacionais especialmente elaborados para crianças e adolescentes: Cambridge YLE (Young Learners English), Cambridge For Schools e TOEFL Junior.

English Camp (Programa Bilíngue – Juniors)

Com o objetivo de proporcionar uma experiência prática da língua inglesa, realizamos anualmente um acampamento de imersão em inglês. Com atividades esportivas, culturais, de recreação e lazer, os acampantes são estimulados a praticar o idioma em diferentes níveis, ampliando os seus conhecimentos e desenvolvendo especialmente as habilidades de fala e compreensão da língua, se desinibindo para futuras experiências internacionais.

Summer Camp (alunos de 11 a 17 anos)

O Summer Camp é uma excelente oportunidade de experimentar a rotina de um campus universitário no exterior durante as férias de julho, para conhecer uma nova cultura, fazer amizades internacionais e, principalmente, colocar em prática os conhecimentos adquiridos.